Photoshop

{ sábado, 5 de fevereiro de 2011 }
É tão simples consertar uma verruga peluda, uma espinha que surgiu às vésperas daquela festa de casamento e até uma banha a mais pulando do jeans apertado. Se tudo fosse tão prático como as ferramentas do Photoshop!
Aí você abre aquele baú com fotos antigas e percebe o número incontável de pessoas que passaram por sua vida. E todas elas deixaram sua marca, de uma forma ou de outra. Todas, impossíveis de apagar, assim como um pé-de-galinha no mundo real.
Amigos queridos. Amigos que pisaram na bola. Amigos que você pisou na bola. Colegas em várias fases da vida. Ex-namorados, uns com boas lembranças, outros, nem tanto. Ex-amores platônicos. Parentes amados que já se foram. Família. Um novo amor.
Se as nossas sensações se transferissem para o papel fotográfico, muitos estariam rabiscados, apagados, suprimidos de nossa memória como se nunca tivessem que ter passado em nossas vidas. Alguns mereceriam apenas uns bigodinhos e os dentes da frente pintados de preto.
Outros, por sua vez, temos vontade que saltem daquela bidimensionalidade para estarem ao nosso lado naquele momento, fazendo um cafuné gostoso e dizendo coisas boas de se escutar. Em outros casos, te dando uma bronca sem fundamento por andar descalça menstruada. A repreensão que você nunca mais ouviu.

Se a vida tivesse Photoshop, tudo seria mais fácil. Um CTRL+Z resolveria muita coisa.

6 palpites:

Netinho Eneias Negralha disse...

Aeee com CRTL+Z eu ja teria um bom adianto =D

Lívia Komar disse...

Valeu pela sugestão do Crtl+z....faz muito sentido...hahaha!

Gabriela Yamada disse...

Não pode andar descalça menstruada?

Lívia Komar disse...

Hahahaha! Por isso q coloquei sem fundamento. Coisas de vó...sabe como é!

Shirley disse...

Que maravilhoso seria se na vida pudessemos dar crtl+z, mas infelizmente não tem como, então vamos encarar...adorei o texto.

Patrícia disse...

Isso só me faz querer um Photoshop!
Ai nostalgia!

Postar um comentário